Ligue já: +258 82 3012251/2

anal sex videos black teen girl vs white guy hdpornmobile.biz hd free sex indian sex tube www.realpornfilms.com hdpornmobile.biz mature porn video freesexclips.site indonesia adult porn xvideosporn.club sexpornweek.com Realpornotube sextresss.xyz xxxteenhub.info xssn.net hdxxxporn.club

Vagas em Manica: Coordenador(a) do Projecto Local e Técnico(a) Distrital de Abrigo

A Cruz Vermelha de Moçambique em parceria com a Cruz Vermelha Alemã, no âmbito das actividades do projecto “Ajuda Humanitária para às Pessoas Afectadas pelo Ciclone Idai na Província de Manica” pretende contratar para o seu quadro de pessoal um Coordenador (a) do Projecto Local (baseado em Chimoio) e um Técnico (a) Distrital de Abrigo (baseado em Dombe – Distrito de Sussundenga), para sua Delegação Provincial de Manica, por um período de 10 meses.

 

Principais responsabilidades do Coordenador (a) Projecto Local

  • Colaborar com o delegado do projecto, na representação, planificação e implementação das actividades
  • Participar activamente em reuniões com actores locais e autoridades governamentais, fornecendo informações sobre o desenvolvimento das actividades do projecto.
  • Elaborar um plano de trabalho semanal, validado com o Secretário Provincial e o Delegado do Projecto, que esteja de acordo com o plano de actividades trimestral proposto para o projecto.
  • Acompanhar as actividades do projecto e manter um registo documental de cada uma delas de forma organizada.
  • Realizar o acompanhamento técnico para a elaboração dos termos de referência para a adaptação das fontes de água ou outras obras de infra-estrutura civil que possam ser necessárias.
  • Apresentar um relatório mensal dos principais resultados das actividades e apresentá-lo à delegação provincial, à Cruz Vermelha alemã e às autoridades governamentais em Dombe, bem como a outros parceiros interessados (cluster)
  • Solicitar informações de potenciais fornecedores e parceiros a nível local (e em Chimoio) para a compra, entrega e distribuição dos itens necessários nos kits de ajuda humanitária
  • Responsável pela recepção, registo e actualização de stocks de materiais e ferramentas de construção alocados para o Projecto.
  • Desenho de planos logísticos e rotas de visita para recolha de informação, desenvolvimento de formação, bem como para a entrega de itens/elementos nas comunidades.
  • Responsável pela emissão de guias de saída e entrega de bens.
  • Realizar o registo de informações e geo-referenciamento de possíveis novas comunidades.
  • Acompanhar os indicadores do projecto e registar as informações fornecidas nas fontes de verificação.
  • Liderar na sistematização das equipes de voluntários envolvidos nas actividades da área do Abrigo do projecto.
  • Assegurar o registo na efectividade de voluntários para o pagamento de respectivos incentivos.
  • Facilitar na formação de voluntários no processo de distribuição de materiais, ferramentas e outros bens diversos para o apoio as famílias beneficiárias do projecto.
  • Outras tarefas que são necessárias para o bom desenvolvimento das actividades e cumprimento dos indicadores do projecto.

 

Requisitos

  • Formação acadêmica: Nível superior em engenharia civil, gestão ambiental e recursos hídricos ou arquitetura. A formação acadêmica em administração de empresas também pode ser considerada se tiver experiência relacionada.
  • 2 anos de experiência relevante na coordenação de projectos em Moçambique
  • Capacidade de gerir projectos em geral, especialmente para resposta de desastres dentro no contexto de uma organização humanitária;
  • Experiência de trabalho em projectos de cooperação, com desenvolvimento de capacidade de divulgação de conhecimentos a nível Comunitário em Moçambique;
  • Experiência de trabalho com organizações humanitárias;
  • Capacidade para processar e apresentar dados de forma criativa, para gerar formatos adequados às diferentes audiências;
  • Ter capacidade de descrever detalhadamente a sua planificação, implementação, monitoria e impacto;
  • Experiência com Monitoria e Avaliação;
  • Excelente capacidade de comunicação oral e escrita em Português é essencial, Ndau (Opção), e Inglês (Opção).

 

 

Principais responsabilidades do Técnico (a) Distrital de Abrigo

  • Participar na identificação e selecção de beneficiários
  • Treinameento às comunidades sobre melhoria de abrigos temporários e técnicas de reabilitação.
  • Levantamento e análise de dados nas famílias afectadas incluindo o seu agregado familiar.
  • Participar nos encontros locais de coordenação de projectos com as entidades Governamentais e parceiros de cooperação no sector de Abrigo.
  • Liderar na sistematização das equipes de voluntários envolvidos nas actividades da área do Abrigo do projecto.
  • Assegurar o registo na efectividade de voluntários para o pagamento de respectivos incentivos.
  • Facilitar na formação de voluntários no processo de distribuição de materiais, ferramentas e outros bens diversos para o apoio as famílias beneficiárias do projecto.
  • Compilação de dados e elaboração de relatórios.
  • Gerir processos de distribuição de materiais, ferramentas e outros bens nas famílias beneficiárias obedecendo as normas da CVM.
  • Responsável pela recepção, registo e actualização de stocks de materiais e ferramentas de construção alocados para o Projecto.
  • Responsável pela emissão de guias de saída e entrega de bens.
  • Ajudar no processo de selecção de fornecedores locais.
  • Realizar um plano de actividades para a adaptação da habitação temporária.
  • Outras tarefas que são necessárias para o bom desenvolvimento das actividades e cumprimento dos indicadores do projecto.

 

Requisitos

  • Formação acadêmica: Técnico médio em construção civil ou arquitetura.
  • 2 Anos de experiência relevante no sector de Ambiente e/ou Abrigo em Moçambique;
  • Capacidade de gerir projectos em geral, especialmente para resposta de desastres dentro no contexto de uma organização humanitária;
  • Experiência de trabalho em projectos de cooperação, com desenvolvimento de capacidades e divulgação de conhecimentos a nível Comunitário em Moçambique;
  • Experiência de trabalho com organizações humanitárias;
  • Capacidade para processar e apresentar dados de forma criativa, para gerar formatos adequados às diferentes audiências;
  • Experiência com sistemas de aviso-prévio;
  • Capacidade de definir o momento de acção.
  • Capacidade de descrever detalhadamente a sua planificação, implementação, monitoria e impacto;
  • Experiência com Monitoria e Avaliação;
  • Excelente capacidade de comunicação oral e escrita em Ndau e Português são essenciais.

 

Os (as) interessados (as) deverão enviar as suas candidaturas até ao dia 9 de Março de 2020 pelas 12:00 horas, a carta de manifestação de interesse e CV para a Cruz Vermelha de Moçambique, Delegação Provincial de Manica, sita na Av. do Trabalho em frente a Praça dos Heróis, ou via e-mail: manica.project.2021@gmail.com; por favor indique na linha de assunto a posição em que está a participar.