Ligue já: +258 82 3012251/2

anal sex videos black teen girl vs white guy hdpornmobile.biz hd free sex indian sex tube www.realpornfilms.com hdpornmobile.biz mature porn video freesexclips.site indonesia adult porn xvideosporn.club sexpornweek.com Realpornotube sextresss.xyz xxxteenhub.info xssn.net hdxxxporn.club

Em Manica, 1.216 famílias receberam assistência humanitária

Há quase um ano, o ciclone Idai entrou na costa de Moçambique e deixou uma destruição que nunca se tinha visto antes. Na província de Manica, por exemplo, muitas comunidades foram afectadas de uma forma tão profunda por esta calamidade de tal maneira que as consequências são visiveis até hoje.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No âmbito do projecto “Ajuda Humanitária nas Áreas de Abrigo e WASH, para as Pessoas Afectadas por Ciclone Idai na Província de Manica”, levado a cabo pela Cruz Vermelha de Moçambique, com apoio financeiro da Cruz Vermelha Alemã, 1.216 famílias receberam, entre outros, bidões pela busca de água, purificador de água para melhorar a qualidade da água potável e kits de higiene que contêm artigos como sabão, escovas de dentes e pasta de dentes. No distrito de Sussundenga, dez comunidades receberam apoio nas últimas duas semanas de Fevereiro do ano corrente.

 

 

Distribuição de 1.216 kits no distrito de Sussundenga

 

Na preparação das distribuições de kits: A equipa e os voluntários da CVM em Dombe

Nos dias 19 e 20 de Fevereiro, 520 kits de higiene foram distribuídos às duas comunidades de Tucene Chioma e Massequesa. De 26 à 28 de Fevereiro, oito comunidades, nomedamente Muvoazi, Chibue Sede, Chibue Mathoi, Zichão A, Zichão B, Mutassa, Zibuia e Manhandure foram atendidas nas distribuições. Este successo lógistico foi possível devido a um planeamento detalhado pela equipa e devido ao apoio de voluntários experientes e motivados. Em total, o caminhão transportou seis cargas de kits do armazém da CVM em Dombe para os seis pontos de econtro.

 

 

 

Sergio Dinis Nachipo, o técnico de WASH da CVM em Dombe, está satisfeito com o decurso das distribuições: “Mesmo que a nossa equipa da CVM em Dombe esteja pequena conseguimos terminar as distribuições para 1.216 famílias de acordo com nosso planeamento e as distribuições continuarão nas próximas semanas em dez outras comunidades (…) as necessesidades das comunidades no distrito de Sussundenga ainda são muito grandes, mesmo um ano após a emergencia. Por isso, o nosso trabalho vai continuar, especialmente para aquelas comunidades distantes que não receberam nenhum apoio ou para aquelas comunidades que ainda têm muitas necessidades por satisfazer nas áreas de água e abrigo.

 

Pela primeira vez a comunidade de Muvoazi recebeu assistência humanitária

 

“Há dias estávamos a sofrer. Hoje recebemos um kit de higiene, um kit de cozinha, bidões e roupa. A vida vai mudar”, disse Maria, de 44 anos, residente em Muvoazi.

Nessas distribuições, a comunidade de Muvoazi recebeu pela primeira vez ajuda humanitária depois do ciclone Idai. Muvoazi fica numa localização isolada, nas montanhas, sem boas ruas e limitado por um rio. Chegar até Muvoazi é dificil. Tão dificil que até o dia 26 de Fevereiro as pessoas dessa comunidade nunca tinha sido consideradas por actividades de apoio. Nessa primeira sessão de apoio, 99 famílias tiveram que andar uma hora e meia de Muvoazi até ao ponto de encontro da distribuição, em Gudza, para receber os kits de ajuda da Cruz Vermelha de Moçambique.

 

 

 

 

 

 

      

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Sara Martin / CVA; Quirina Kiesel / CVA