Ligue já: +258 82 3012251/2

anal sex videos black teen girl vs white guy hdpornmobile.biz hd free sex indian sex tube www.realpornfilms.com hdpornmobile.biz mature porn video freesexclips.site indonesia adult porn xvideosporn.club sexpornweek.com Realpornotube sextresss.xyz xxxteenhub.info xssn.net hdxxxporn.club toutpornxxx.org adultpornmovie.ws

CVM entrega ao Governo de Sofala três Centros de Saúde reabilitados

As infra-estruturas do Centro de Saúde de Inhamizua, na Cidade da Beira, e Centros de Saúde de Mafambisse e Macharote, no Distrito de Dondo, outrora destruídos pelo Ciclone Idai, em Março de 2019, ganharam reforço. No dia 10 de Junho, a Cruz Vermelha de Moçambique (CVM) entregou obras reabilitadas dessas unidades hospitalares ao governo de Sofala.

 

Ao todo, a reabilitação dos três Centros de Saúde, financiada pela Sasol, no âmbito da solidariedade interna às vítimas do Ciclone Idai, custou cerca de 13 milhões de meticais. Sendo que no Centro de Saúde de Macharote, a intervenção da CVM foi em todos os blocos, com destaque para a maternidade e as residências dos enfermeiros. No Centro de Saúde de Mafambisse, a CVM reabilitou também o bloco da maternidade e o laboratório de análises. Já no Centro de Saúde de Inhamizua foram feitos reparos nos blocos da maternidade e de atendimento, com ênfase para reparação do tecto falso e o sistema eléctrico do centro.

 

As cerimónias centrais da entrega decorreram no Centro de Saúde de Macharote. No evento, o Presidente da Cruz Vermelha de Moçambique, Avelino Mondlhane, informou que os Centros de Saúde de Inhamizua, Mafambisse e Macharote estão para 17 mil, 46 mil e 9 mil beneficiários, respectivamente. O Presidente disse igualmente que os centros já têm condições mínimas para receber pacientes e deixou ficar o sentimento de missão cumprida.

 

“Este é o culminar de um processo que iniciou há cerca de um ano em que consistia na entrega dos Centros de Saúde de Inhamizua, Mafambisse e Macharote reabilitados, após estes serem afectados pelo Ciclone Idai. Sentimos que o trabalho feito é de grande impacto, embora os fundos não permitiram a reabilitação total dos centros”, disse Avelino Mondlhane.

 

Mondlhane acrescentou que esta entrega é oportuna neste momento em que o mundo, em particular Moçambique, enfrentam a pandemia da Covid-19, sendo este um reforço de algumas intervenções no Sistema Nacional de Saúde.

 

O Administrador de Dondo, Manuel Valoi, manifestou sua elevada satisfação ao receber, em nome do governo do distrito, os três Centros de Saúde reabilitados. “Queremos agradecer a concretização da reabilitação dessas infra-estruturas que vão beneficiar as comunidades arredores. E pedimos para que a Cruz Vermelha de Moçambique continue a nos apoiar neste sentido”, disse o Administrador.

 

A Sasol, representada pelo seu Director Geral em Moçambique, Ouvídio Rodolfo salienta que a entrega dessas infra-estruturas reabilitadas simboliza a preocupação desta empresa com a Saúde Pública. Ouvídio Rodolfo disse  que a empresa continuará a dar a sua contribuição social apesar dos momentos difíceis que a conjuntura internacional enfrenta actualmente.

 

Para o Director Geral da Sasol em Moçambique, a entrega dos três Centros de Saúde recuperados é parte de contribuição da Sasol e os seus parceiros no processo da reconstrução pós-Idai.

 

Na ocasião, a CVM ofereceu um gerador ao Centro de Macharote. O gerador ora entregue, faz parte de um grupo de 8 geradores doado pela empresa Easy Technologies aquando do apoio às vítimas do Ciclone Idai.

 

A entrega dessas infra-estruturas, decorre num momento de maior concertação para o país e para o mundo devido a pandemia da Covid-19.

 

Fotografias: Wanderleia Noa -CVM